Ideal de corpo ou vigorexia
28 de Junho de 2018
Ideal de corpo ou vigorexia

Os sintomas corporais nem sempre resultam de uma disfunção orgânica, podem ser a expressão de um sofrimento psíquico, um conflito inconsciente.

Na vigorexia o corpo é investido como o mais belo objeto de consumo, geralmente este transtorno acontece com pessoas praticantes de musculação. Há uma distorção de imagem corporal igual ao que acontece no transtorno alimentar Anorexia.

A pessoa se considera fraca e pequena, mas na realidade é forte e musculosa, prevalece mais no sexo masculino, há uma preocupação exagerada com a aparência do corpo, buscando um aumento da massa muscular e sua definição, consumo de dietas especificas, suplementos vitamínicos, esteroides e anabolizantes, além da pratica exagerada de exercícios físicos.

Esta prática exagerada de “malhar“ na abordagem psicanalítica pode ser considerada como um substituto de uma relação sexual, pois se assemelha a masturbação, há um prazer auto erótico (prazer consigo mesmo). A pessoa tem o próprio corpo como um objeto de investimento, não suporta a perda de seus músculos, pois esta representa uma impossibilidade de completude. Este corpo forte cheio de músculos, simboliza seu poder. A pessoa espera do outro um olhar de amor, o reconhecimento de seu valor, admiração e aplausos.

A academia tornou-se um templo sagrado do culto narcísico deste corpo. Um lugar erotizado, onde prevalece a potência viril, fálica, pode se oferecer ao olhar do outro através dos espelhos que este ambiente tem por todos os lados, fazendo com que se contemple a si e aos outros. Este culto obsessivo pode chegar aos limites do corpo desafiando a vida e a morte.

Rosana Andrea Solcilotto Figueiredo
Psicóloga Clínica CRP: 06/141885


Artigos Relacionados

Chocólatra
Chocólatra
05 de Junho de 2018
leia mais...
Avaliação Neuropsicológica
Avaliação Neuropsicológica
20 de Junho de 2018
leia mais...
Autocompaixão
Autocompaixão
14 de Junho de 2018
leia mais...